Arquivo do mês: abril 2017

Moda verde

Marcas sustentáveis: onde vivem? Onde comprar? Será que existem? Veja hoje, nesse post!

Ok, brincadeiras á parte, vamos hoje falar sobre empresas sustentáveis que produzem de forma diferente. São marcas inovadoras que representam o futuro, a única forma saudável de continuar fazendo moda nesse planeta, já que os recursos, uma hora ou outra, vão acabar.

Vamos começar com as bolsas d´O Jambu. Essa marca pega matérias primas que não seriam usadas pelas grandes fábricas e produz bolsas com bastante personalidade. Modernas e urbanas, as peças conseguem estar harmoniosamente no look do dia da blogueira mais requisitada do momento.

13730815_604858029696321_1480636192936376710_o

O estúdio NHNH faz sapatos veganos, o que significa que os calçados não tem nada de origem animal em sua composição. Cada um deles é produzido artesanalmente com resíduos. Pintados e pensados artesanalmente, cada par é único e super clean, ótimo para aqueles looks mais básicos, porém cheios de personalidade. Você nunca, na vida, imaginaria que aquele sapato é feito com uma velha persiana…

17800446_1635055146512364_6869344796383997509_n

Viu, minha gente?? Moda sustentável não precisa ter cara de hippie da feirinha. São peças bonitas, com design, funcionais e duráveis. E lindas! Se você quiser mais informações sobre as marcas, deixo aqui o link para a página as respectivas páginas do Facebook.

  • O Jambu https://www.facebook.com/Ojambubags%20/?fref=ts
  • Estúdio NHNH https://www.facebook.com/estudioNHNH/?fref=ts

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Minas Trend: ano dez

Até sexta-feira Belo Horizonte recebe a vigésima edição do Minas Trend, o maior salão de negócios de moda Brasil. E eu tô, o quê??? Exausta! Sabe, jornalismo de moda não é nada fácil… A gente anda, sobe, desce, corre, levanta, abaixa, fica em file, volta pra fila, come pouco, disputa café… ufa! É puxado. Mas eu amo.

Fiquei pensando sobre o que falar nesse post. Bom, eu poderia comentar sobre economia, por exemplo. Minas Gerais é um dos maiores estados concentradores de moda do país. Temos várias tradições: roupas femininas, sapatos, bordados, moda festa. O governo do Estado assinou um acordo com a FIEMG para garantir apoio ao Minas Trend pelas próximas quatro edições.

Falando em bordados, eu poderia conversar sobre a nossa tradição com coisas feitas á mão. Alguns desses bordados são feitos de maneira tão artesanal, tão familiar, que é até bonito de ver. E eu vi isso em alguns stands do salão de negócios. E as grandes grifas se apropriam dessa tradição, ás vezes de maneira não muito justa.

Eu poderia falar dos desafios da moda; resolver as questões trabalhistas, trabalhar de maneira sustentável. Nessa parte, boas notícias! Vi marcas fazendo sapato com restos industriais e, olha, essas marcas não tem a menor cara de hipponga. São modernas, usáveis, lindas de morrer. Nessa edição mesmo, o Minas Trend minimizou os impactos no meio ambiente enquanto evento.

Eu poderia falar sobre tantas coisas mas, opa… não é que acabei falando de vários aspectos! A moda é muito ampla, tem bastante coisa envolvida. Não é só “look do dia”. Não é só “roupa da famosa”. É uma construção social e econômica superinteressante. Não é assunto acessório. É assunto central. E, por hoje, chega porque estou mesmo exausta. Semana que vem tem mais!

17759875_1147451028715021_6803152647521179733_n

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized