E o Oscar vai para…

Aconteceu em Hollywood, no último domingo, mais uma premiação do Oscar. Esse ano, o tapete vermelho estava recheado de vestidos nudes. Houve amarelo e, como sempre, pretinhos nada básicos. Muita roupa chamando mais atenção que o dono…

Tudo isso aí você acompanhou em outros sites. As trocas de envelope e cara de espanto de premiados e apresentadores, você também viu. Então, como sou “a diferentona” vou falar sobre duas premiações técnicas: maquiagem e figurino.

O prêmio de melhor figurino foi para Animais Fantásticos e Onde Habitam. O longa é uma adaptação das histórias do universo Harry Potter. Se passa 70 anos antes do início das aventuras do bruxinho. Então, tudo começa em uma Nova York de 1921, quando o especialista em criaturas mágicas Newt Scamander desembarca na cidade com sua mala recheada de seres diferentes.

sem-tc3adtulo-2

O figurino precisa falar antes dos personagens. É, nesse filme, é assim. Collen Atwood pensou em tudo. Capas esvoaçantes lembrando magia. Chapéus Fedora levemente pontudos que lembram os chapeus cônicos… Para os vilões, roupas sóbrias. Quando assisti ao filme, tinha me atendando muito para o figurino, super fiel aos anos 1920. Achei uma estatueta justa.

Melhor maquiagem ficou Esquadrão Suicida. Vi esse filme e não curti. Exceto pela Arlequina de Margot Robbie. A história é sobre ante-heróis que se juntam para “salvar” Gothan City. Você deve estar acostumado a ver esse pessoal contra o Homem Morcego. Nesse filme, não.

esquadrao-suicida-forca-tarefa-x

O que disse sobre o figurino também vale para a maquiagem: deve falar antes. Mas, além disse, no cinema a maquiagem também serve para caracterizar feridas, sujeitas, suor, mutações… As pessoas devem ser “quase” reais. É verdade que Arlequina chama atenção, mas nesse caso o desafio foi representar Killer Croc e sua pele de jacaré. Esmero também para Magia, várias caracterizações.

killer-croc-esquadrao-suicida

Acho pequeno o crédito á premiações técnicas como essas. Não é justo. A língua da roupa e a linguagem da maquiagem também são fundamentais para uma história bem contada, que transmita verdade. Ainda que eu saiba que animais fantástico não existem e que pessoas não voam.

Esse ano, lançamentos que exigem maquiagens e figurinos elaborados estão chegando. A Bela e a Fera e Mulher Maravilha são exemplos. Vamos esperar para ver no que dá, né? Será interessante assistir!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s