Arquivo do mês: novembro 2014

A grande jornada em busca do estilo

Ei gente, como estão as modas? Ah, por aqui está tudo meio fast fashion, ou seja, meio corrido porém, bem legalzinho, por assim dizer. Então, vim contar para vocês a mais nova ideia que tive entre um devaneio e outro. Chama-se Desafio dos 30 Dias. A proposta é que, durante 30 dias – claaaaaro! – eu preciso postar uma foto com um look meu.

Mas, não estamos falando aqui sobre coisas elaboradas e escalafobéticas, daquelas que se usa quando se quer ir à uma festa ou conseguir um emprego. Não, estou me referindo às produções que monto 5 horas da manhã antes de ir trabalhar. O objetivo é me conhecer melhor, saber como é meu estilo, entender como as cores funcionam em meu tom de pele. Essas coisas todas que nos fazem usar melhor as roupas.

Além disso, nesses 30 dias eu não posso comprar peças novas para meu armário, nada de uma blusinha a mais, uma camisetinha a mais, qualquer coisa a mais. Devo me virar com o acervo que tenho em casa nada e que, convenhamos, não é pequeno. Dessa forma também vou contribuir para que o Papai Noel tenha um saco mais gordinho dessa vez.

Então, juntando o útil, entender meu estilo, ao agradável, economizar algum dinheiro, acho que conseguirei tirar conclusões interessantes sobre meus gostos, minha vida, meu humor… Se você, caro leitor, quiser me acompanhar, pode vir! Vou postar as fotos em minha conta do Instagram, @maryycisa. E a primeira foto já está no ar, foi tirada ontem pela minha digníssima irmã. Outro ponto interessante é que as fotos não terão qualidade maravilhosa, serão apenas retratos das coisas, entendem?

Sejam todos bem-vindos a esta nova aventura nascida da cabeça maluca desta blogueira que não leva jeito pra coisa. E vamos ver como as coisas poderão se desenrolar.

Bjuss people!

A foto de ontem, início do projeto.

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento, Moda

Diferenças

Sim, este será mais um post sobre o São Paulo Fashion Week. Não é todo dia que alguém como eu vai á um festival como esse, então, aguente minha semana nomotemática. Ao menos estamos tendo textos, minha gente, não é um avanço?? Seguinte, hoje escrevo para falar sobre o momento em que me sentei e apenas observei as pessoas fashion de São Paulo.

Impressionante as conclusões que tiramos quando nos calamos e, apenas, olhamos. Não sei se vocês sabem, mas costumo cobrir o Minas Trend, semana de moda mineira que apresenta as tendências para a próxima estação e é acompanhada de um grande – e cansativo! – salão de negócios onde expositores de todo o país tentam vender suas apostas.

Pois bem, as pessoas que passeiam nesse salão, como em todo o evento, são muito diferentes das que vi circulando no SPFW. Chego a dizer que o povo “das modas” mineira é mais piora enquanto que o povo “das modas” paulista é mais moderno e criativo. Aqui, o importante é estar totalmente na tendência. Lá, a tendência também é importante, mas deve ser misturada à pitadas generosas de criatividade e originalidade.

Aqui você corre o risco de ver duas mulheres usando vestidos iguais só porque são da marca mais phyna do momento enquanto que lá você consegue observar looks que julgava serem impossíveis até aquele momento. Aqui em Mimas as pessoas têm um certo medo de ousar enquanto que em São Paulo a pauta do dia é a ousadia, modernidade e criatividade.

Eu não sei se isso acontece porque o São Paulo Fashion Week é para levar ideias ao mercado enquanto que o Minas Trend serve para levar o produto já pronto. Também não sei se isso acontece porque o pessoal de SP recebe mais influência do mundo, enquanto que nos criamos uma hierarquia entre as montanhas. Só sei que a diferença entre os estilos é bem palpável para aqueles dispostos a falar menos e observar mais…

pessoas

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento, Moda

Viagem ao centro do mundo “das modas”

Oi pessoal, como é que vão essa força, heim? Eu de cá estou bem, me arrastando pra dar conta dessa segunda-feira, mas, enfim… Tá tudo certo. Como disse semana passada, dei um pulinho lá no São Paulo Fashion Week e, gente, foi espetacular! Tudo acontece mesmo na hora certa e penso não haver tempo melhor para esse acontecimento. Além do mais, dizem que quem tem amigos nesse mundo tem tudo, né? Acho que é isso mesmo.

Turistando no SPFW!

Turistando no SPFW!

Fui acompanhar o desfile da marca mineira Apartamento 03 que, pela primeira vez, está no line up no São Paulo Fashion Week, apesar de já ser veterana no Minas Trend, evento modístico aqui de BH. Pessoal, confesso que quando coloquei meus pezinhos na sala de desfiles do Parque Candido Portiniari meu coração começou a bater forte e minhas pernas tremeram.

Foi como encontrar um grande amor, de fato… Há muito tempo sonhava em participar dessa festa e já tentei convites de várias formas. Sabe, sou do tipo que cria as oportunidades e não fica esperando apenas acontecer. Até porque, como diz a música “quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

Quanto ao desfile em si, achei a coisa mais linda. Um coleção pé no chão e conceitual, tudo ao mesmo tempo. Adorei ver a evolução dos looks com um quê de japonismo desfilando na passarela. A cartela de cores era realmente bem invernal: preto, cinza, verde petróleo, algumas pitadas de estampas amarelas…

Lindeza da vida!

Lindeza da vida!

Outro ponto interessante foi o investimento em uma pegada esportiva com interessantes mochilas conceituais. Os recortes das roupas, secos porém fluídos, deram o toque que faltava. Em suma: Luiz Cláudio arrasou na passarela do SPFW e não perdeu sua identidade após se juntar á poderosa Patrícia Bonaldi. Não sei se terei outra oportunidade de conferir de perto os desfiles da semana de moda paulistana. Mas, posso dizer com certeza que esse sonho já foi realizado. Então, podem vir os próximos!

2 Comentários

Arquivado em Evento, Moda

SPFW aí vou eu!

Sabe, minha gente, eu tenho alguns sonhos na vida: conhecer Londres, arrumar um namorado bacana, ir ao São Paulo Fashion Week, andar de helicóptero… Sim, uma das vontades que tenho nessa vidinha incerta é caminhar divando nos corredores da semana de moda mais importante da América Latina. Isso desde que comecei a mexer com moda, na verdade.

Daí que amanhã vou realizar esse sonho. Consegui, através de uma grande amiga, um convite para o desfile da marca mineira Apartamento 03. Estou animadíssima mesmo sabendo que vou enfrentar oito horas de viagem até a terra da garoa em um busão porque as passagens de avião estavam caras.

Mas, sabem, para mim esse passeio tem um gostinho de vitória muito especial. Pode parecer bobagem, mas vocês já vão entender: acontece que para uma observadora das modas como eu, que possuí algumas deficiências e limitações, se inserir nesse mundo onde existe a obrigação do perfeito é muito difícil.

Primeiro porque muita gente não acredita em você, no seu trabalho e possibilidades, e segundo porque, como não está nesse padrão surreal de beleza, existe uma dificuldade muito grande de imersão. É como se você tivesse que provar a todo tempo que é bom e que serve sim para habitar o mundinho fashion.

Essa faceta da moda é bem cruel, mas super palpável para que os que se dão ao trabalho de arreganhar os olhos, ou seja, poucos mortais. Por isso hoje, mesmo percebendo que a semanas de moda estão virando um espetáculo de selfies vazias e um circo onde se dá bem quem aparece mais, fico muito feliz de ter teimado o suficiente para conseguir estar lá amanhã. É como se fosse uma conquista, sabe assim?

Então, por favor, bora torcer para que tudo dê certo na sexta-feira, para que eu consiga chegar direitinho em São Paulo, para que minha roupa/look do dia não amarrote dentro da mochila, para que eu não me perca ruma ao local dos desfiles. A vida, minha gente, é feita de pequenas conquistas que um dia vão acabar em algo grandioso. E, se existe 1% de chance de concretizar um sonho é a essa probabilidade mágica que eu me agarro. E vamos logo colocar a armadura de jornalista de moda poderosa porque a vida é linda demais!

E lá vou eu!

E lá vou eu!

6 Comentários

Arquivado em Moda, Negócios