Arquivo do mês: outubro 2014

Não se pode nem brincar mais nesse lugar?

É, minha gente… Vivemos a época do “ecologicamente correto”, “eticamente correto”, “politicamente correto”. Então, longe de mim ser contra todo esse movimento que pretende tornar as coisas mais certas e bonitinhas, mas penso que, em alguns casos, as pessoas exageram demais da conta.

Olhem só como é um tantinho viajada a polêmica da semana. Acontece que uma consumidora da marca carioca Reserva, famosa por suas campanhas publicitárias irreverentes e suas camisas com estampas de mosca, postou na rede a foto da etiqueta de uma camisa da grife. Mas, segundo ela, tratava-se de uma etiqueta “machista e sexista”.

Lá, após mostrar as instruções de lavagem e secagem e indicar um site onde o consumidor poderia checar o que significa cada símbolo industrial, estava escrito: “ou dê para sua mãe, ela sabe como fazer isso bem”. A reação dos internautas foi imediata. Muita gente xingando a Reserva, falando horrores. Ou seja, quase ninguém riu da piada.

Mas, eu ri. Achei o caso engraçado porque sei do histórico da marca. Já vi que ela apoio causas importantes e, por todo o lifestyle que prega, é impossível que adote posturas machistas e sexistas sem perder toda a sua clientela. Então, foi apenas uma piada, minha gente!

E do que seria a moda se não fossem as piadas? Um tédio do cão. Então, parem de se irritar atoa, comecem a achar graça nas coisas. Depois, comecem a querer entender moda e todas as estratégias das quais se valem esse mundinho fashion. Afinal de contas, até pra criticar é preciso informação.

Por fim – vejo ao longe pessoas com tochas de fogo vindo em minha direção – é fato que nossas mães lavavam roupas muito melhor que nós, mulheres do século XXI. Afinal de contas, quando foram educadas, tinha tempo para aprendera cuidar de uma casa. Nós, pobres coitadas, estávamos muito ocupadas correndo atrás de emprego, moradia, carteira de motorista, homem…

Então, sorriam mais e passem a notar que o mundo da moda é uma grande piada pronta!

Olha a polêmica aí. Achei desnecessário…

1 comentário

Arquivado em Comportamento, Moda

Tchau, Oscar de La Renta

Se você, em algum momento da vida, se imaginou linda e espetacular como as princesas da Disney, tenho absoluta certeza que nessa piração o “look do dia” era um dos fabulosos vestidos de Oscar de La Renta. O estilista, que infelizmente faleceu ontem nos Estados Unidos após lutar contra um câncer, era capaz de sintetizar toda a feminilidade da mulher em um único vestido.

Não a toa, Oscar vestiu muitas personalidades do nosso tempo e de outras épocas também. Entre tantas, destaque para Taylor Swift, Emma Watson, Jacqueline Kenedy e Audrey Hepburn, personalidades diferentes, mas que representam a feminilidade em diversas formas.

Confesso que adoro ver os desfiles dele e, acreditem, não tenho lá muita paciência para acompanhar vides desse tipo. Mas, acontece que nas imagens dos shows de Oscar, consigo sentir a magia que a passarela exalada do sofá da minha casa. Engraçado que, pelo que andei pesquisando, no começo da carreira, as mulheres idealizadas por ele não eram assim, tão princesas. Na década de 1960, o início de seus trabalhos, eram espaciais, muito parecidas com as musas plásticas de Pierre Cardin, que vestiam botas longas e saias curtas e estavam preparadas para chegar na lua.

Em 2014, a realidade é completamente diferente já que seu terreno fashion é ocupado por tecidos fluidos, bordados magníficos, estampas encantadoras e shapes que valorizam a silhueta feminina. Mas, é como dizem, somos todos metamorfoses ambulantes que mudam e absorvem as influências e vontades da época em que vivemos. E, isso é bom. No caso da moda chego a dizer que se trata até de uma flexibilidade necessária para a sobrevivência. E, chega de falar.

Me despeço apresentando um vestido magnífico desse estilista que me encanta de verdade. Besus e até qualquer dia!

Coleção Primavera/Verão 2012

Coleção Primavera/Verão 2012

Deixe um comentário

Arquivado em Moda

Fashion Tour no Boulevard Shopping

Ei gente. Tudo bem com vocês? Claro que sim, né, já que estamos conversando em uma sexta-feira. Como não ficar contente com esse dado? Então, hoje, vim contar que ontem estive no FFMag! Fashion Tour, que rolou no shopping Boulevard. Os convidados eram Paulo Borges, o cara que inventou o São Paulo Fashion Week, Tereza Santos, uma das componentes do Grupo Mineiro de Moda e Mariana Weickert, que apresenta alguns programas de moda no GNT.

Não foi possível acompanhar a palestra toda porque essa vida dupla de jornalista de moda/produtora de TV não é tão fácil assim de conciliar, sabe amiga. Mas, achei que os pedaços que acompanhei foram bem proveitosos. Os assuntos principais até o momento em que estava na platéia eram a rapidez da moda e a necessidade de cultivar a criatividade.

Você acha a pauta babaca? Pense duas vezes: vivemos em um mundo onde a coleção desfilada em Paris já está no Instagram no mesmo tempo em que as peças chegam na passarela, ou, até mesmo antes. Portanto, tudo é replicado muito rápido para que o consumidor possa ter aquilo quase que em tempo real. Com toda essa fome de compra, muito da criatividade necessária para o fazer moda se perde. E a originalidade vai para as cucuias também.

Para os componentes da mesa, o importante nesse mundo doido é manter o foco na originalidade. Ainda não acredita? Bom, a China faz 30 camisas iguais às desfiladas por Marc Jacobs em menos de segundos. E aí você compra isso bem baratinho aqui no Brasil. Mas, vai acabar topando com umas 100 garotas vestindo o mesmo modelito que o seu.

Ninguém se diferencia e tudo é igual. Para isso, com o objetivo de se manter no mercado, as empresas brasileiras precisam se focar na qualidade e originalidade das peças que colocam no mercado. Foi esse o pensamento dos presentes na palestra e é esse o meu pensamento também.

Sei que os custos de produção são super altos, mas tá na hora de fazer alguma coisa a respeito, não é mesmo futuro/ futura presidente?? Ficar trocando farpas em debates não levará ninguém á lugar algum, fica a dica. Então, por hoje é só. Bjo procês e até semana que vem!

Foto da palestra, do meu Instagram @maryycisa

Foto da palestra, do meu Instagram @maryycisa

Deixe um comentário

Arquivado em Evento