Arquivo do mês: julho 2014

Morrendo com tanta fofura

Gennnnte, cês viram que Snoopy e sua irmã Belle ganharam um guarda-roupa novinho, invejado por todas as fashionistas mais aficionadas do mundinho fashion?

Pois é, para comemorar aos 65 anos da história em quadrinho ‘Peanuts’ e do projeto ‘Snoopy and Belle in Fashion’ lançado em 1984 o cachorrinho mais fofo da história ganhou roupas assinados por nomes como Dries Van Noten, Calvin Klein Collection, Isabel Marant, Rodarte, Betsey Johnson e Diane von Furstenberg.

Ai gente, vou deixar vocês com as fotos. É muito gracinha isso!

Emanuel Ungaro

Belle by Diane Von Furstenberg

Para ver os outros modelitos fofos, clique aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Moda

Essa tal cultura de moda

Dia desses, li no FFW – site que, se quiser me contratar, me fará muito feliz e ganhará seu lugarzinho no céu – matéria publicada em resposta a afirmação “blogueiras não têm cultura de moda” feita por Godfrey Deeny, importante editor de moda do jornal francês “Le Figaro”. Pois é, daí fiquei pensando em como conceituar essa tal “cultura de moda”.

Se pensarmos que cultura de moda é assistir em loco a todos os destiles das semanas de moda mais importantes – Paris, Nova York, Milão -, como faz Deeny, poucas pessoas têm cultura de moda. Eu, no caso, seria uma burra no assunto porque nunca pus meus pezinhos fora do Brasil. Já prestigiei alguns desfiles, todos aqui na terra do pão de queijo mesmo, Belo Horizonte.

Agora, se pensarmos no quesito conhecimento sobre história da moda funcionamento de mercado e minúcias do tema, bom, aí pode ser que eu tenha alguma cultura e perícia no assunto. Sou pós-graduada em moda e leio tudo que poso sobre o mundinho fashion, além de trabalhar como jornalista de moda em alguns veículos. Se esse for o ponto de vista apoiado pelo editor do jornal francês, pode ser que eu saiba alguma coisa.

Mas, na verdade, acredito que Godfrey Deeny pretendia dizer que cultura de moda é um conjunto que mistura conhecimento sobre história e origens, acesso à informação de boa procedência, conhecimento sobre tendências e marcas interessantes, além de colheradas generosas cheias de pensamento crítico. Meu povo, vamos combinar duas coisas: alguns blogs famosos não conseguem juntar todas essas ciosas que citei em um texto interessante, com boa escita, e muitas pessoas não estão interessadas em ler pensamentos mais profundos entre um look do dia e outro por pura preguiça de pensar nas coisas.

Esse fenômeno é engraçado porque eu mesma ainda não sei se o trato com a moda é tão raso porque as pessoas não se interessam por profundidade ou os promotores de informação têm tanta preguiça de explicar as coisas e por isso tudo o que lemos é assim, capenga. Fica parecendo aquele papo do “quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?”

Penso que os blogs de moda realmente popularizaram as coisas, democratizando a informação e tudo mais. Também não acho que elas precisem fazer uma cronologia ilustrada de um estilista famoso, mas acredito que compromisso com a qualidade do conteúdo é importante e que, no fim das contas, essa é a grande crítica de Godfrey Deeny.

Algumas fulanas que falam de moda mataram um pouco da massa cinzenta de tanto colocar spray no cabelo, cês não acham? Mas nem tudo são trevas nesse mundo. Existem blogueiras interessantes. É só preciso paciência para procurar. Mas e você, tem cultura de moda?

charge_universidade_shopping3

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento

Desculpas e babados

É gente, eu dei uma sumida. Assumo, sem culpa. Me preocupo com vocês, que gostam do meu trabalho. Principalmente porque eu também adoro conversar e escrever minhas bobagens modísticas aqui. Foram dias um pouco longos e difíceis, mas nada que precise preocupar vocês, os leitores mais legais da net.

Mas, tenho uma explicação bem convincente para o desaparecimento: acontece que eu acabei de começar em um emprego novo, agora sou jornalista de uma TV pública aqui do meu estado. Isso de mudar a vida toda – rotina, horários, prioridades – é cansativo demais da conta. Daí que estou me adaptando.

Tentarei manter alguma regularidade por aqui, incluindo os boletins fashions, meu mais novo bebê. Mas, é como disse, vou tentar. Porém, sei que as coisas vão chegar em seus lugares. Minha vida é como um quarto bagunçado que eu preciso colocar em ordem. Satisfações dadas, vamos logo ao babado do dia?

Gente, essa moda de ostentar look do dia tá chegando ao ápice da loucura, cês não acham? É gente gastando os tubos para comprar as modinhas da estação, outros sujeitos usando todos os cartões de crédito da vida pra comprar a it trend do momento e, por aí vai. Mas, uma coisa boa nesses casos: ao menos esses aí se ferram sozinhas, prejudicando eles mesmos. Mas, agora, o negócio dos looks está chegando ao ponto de prejudicar outras pessoas.

Uma americana, não contente em ficar pobre para comprar suas roupas, resolveu inovar. Ao invés de pagar, ela rouba as roupas que deseja e posta tudo no Instagram, posando de phyna e ryca, “casamiga” tá meu bem? Isso aconteceu nos Estados Unidos – onde todas as bizarrices mundiais acontecem – e a “vítima da moda” já foi presa e o vestido fluorescen de leopardo (eita gosto duvidoso) já foi devolvido, além de outros itens que ela havia furtado.

Já bastante chocada com esta história, acabei de descobrir um caso que aconteceu perto de mim. A amiga de uma colega aqui da TV descobriu que sua roupa tinha sido roubada quando viu a dita cuja exibida em uma foto no Facebook. Irritadíssima, a amiga dessa minha colega foi à casa da ladra e catou tudo de volta. Sem deixar de fazer um barraco básico, claro.

Conclusões possíveis de serem tiradas após estes eventos: 1) essa sociedade que vive das aparências está cada dia mais decadente. Tá na hora de aprendermos  a se importar mais com outras coisas, 2) querer estar bem na fita é legítimo de todos nos, mas as vaidade só não faz mal quando não prejudica ninguém, e “ninguém” quer dizer a gente também, 3) gostar e moda é legal, mas viver para isso e roubar sua roupa não é uma atitude chique.

Por fim, quero dizer: parem a terra que eu quero descer!

Bjim procês e até mais. 😎

10489805_806318406074507_1586624803058804270_n

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento